(31) 3567-0041

(38) 99190-0041

  • Principal
  • >>
  • Programa Mais Médicos- NOVAS DATAS para escolhas das vagas ociosas

Programa Mais Médicos- NOVAS DATAS para escolhas das vagas ociosas

O Programa Mais Médicos, publicou ontem à noite no site http://maismedicos.gov.br/ e nas suas redes sociais o seguinte COMUNICADO: “O Ministério da Saúde informa que, devido um grande número de candidatos que apresentaram inscrição para o projeto, o novo cronograma de datas será publicado nesta quinta feira dia 07, de fevereiro de 2019.”

Acreditamos que esta postura foi adotada pelo Programa Mais Médicos, em função dos inúmeros pedidos de inscrições que tiveram os seus documentos analisados INCORRETAMENTE, da “chuva” de ações judiciais propostas, das falhas ocasionadas no sistema deles… Traduzindo pela incompetência mesmo e descaso deles nas análises e conduções destes procedimentos.

Não sabemos o que farão até que efetivem a publicação do NOVO CRONOGRAMA. O fato é que hoje, 07/02/2019, no sistema deles provavelmente não serão disponibilizadas as escolhas das vagas ociosas nos municípios. Farão uma reanálise dos documentos dos Médicos Graduados no Exterior que tiveram as suas inscrições INVALIDADAS? Pelo critério da Justiça, devem. Mas se farão, pelo menos por
enquanto, ainda não temos esta resposta.

Ao nosso sentir este Ministério da Saúde deveria efetivar o seu trabalho de forma mais coerente e passar mais credibilidade aqueles que aguardam por esta oportunidade a meses, quiçá anos. O sistema é ineficiente (cai mais do que fica em pé), o edital e as datas dos cronogramas são desrespeitadas, alterações e prorrogações são efetivadas a todo momento e ninguém “sabe de nada”. Até que sejamos surpreendidos com novas notícias, a exemplo da que foi publicada ontem, afirmando que o Programa Mais Médicos vai ser encerrado e substituído por um novo projeto ainda em andamento. O fato é que com a pasta dele já acabaram.

E a população assim como os médicos brasileiros e estrangeiros que já atuam no programa, estão inseguros. E por enquanto não há definição se esses terão os seus contratos renovados ou se deixarão de atender para serem substituídos por médicos que aqui se graduaram ou que tiveram os seus diplomas revalidados.

Noticia-se que a validação dos diplomas passará a ser exigida pelo governo, mas novas inscrições simplesmente não acontecem ou tem as suas vagas delimitadas a uma quantidade insignificante (UFMS 10 e UFMG 05 vagas). A Plataforma Carolina Bori, que veio para “simplificar” os pedidos de revalidação de diplomas, também só prejudica. As universidades que são por lei obrigadas a abrirem vagas, permanecem inertes. O Revalida então é uma capítulo à parte. Dois anos em andamento e até agora os candidatos aprovados na primeira etapa não sabem o resultado das suas avaliações, se aprovados ou reprovados, porque mais uma vez PRORROGARAM a publicação dos resultados.

Até quando a desinformação, o desrespeito às regras, a indefinição, a preocupação, a sensação de impotência, vão continuar a assombrar os médicos graduados no exterior? Nem sequer lhes são ofertadas oportunidades para revalidarem os seus títulos de forma a exercerem a profissão dignamente no Brasil, em função de uma reserva de mercado imposta pelo Conselho Federal de Medicina. E a novela continua…

Fonte: Revalide

Mirtys Fabiany

Mirtys Fabiany

Mirtys Fabiany Azevedo Pereira é advogada, com mais de 15 anos de experiência em revalidação de diplomas estrangeiros no Brasil, com milhares de profissionais revalidados em seu portfolio de clientes.