Depoimento de Cliente

A Jornada não foi fácil!

Formei na Universidade Del Valle, na Bolívia no ano de 2015. A minha trajetória não foi fácil, parecia que estava sem rumo ou sem direção para seguir. Depois que me graduei queria trabalhar muito, ganhar dinheiro, crescer socialmente e isso parecia uma coisa concreta por ser Médico recém formado e assim ganharia bem.
Porém a minha situação era um pouco difícil por ter estudado no exterior e não ter o CRM. Conversei com vários colegas e amigos para ver a possibilidade de contratar o serviço de um Advogado que pudesse defender minha causa. Então o nome de vários advogados foram descritos na mesa e o nome Dra. Mirtys Fabiany Azevedo Pereira, foi mencionado várias vez pelos colegas. Acatei o conselho dos colegas e mandei um e-mail para Dra. Mirtys e sem demora respondeu no mesmo dia.
A jornada não foi fácil e como muitos decidi entrar no Programa Mais Médicos para o Brasil. A Dra. Mirtys ingressou com mandato de segurança o que foi negado na primeira instancia e assim ela decidiu entrar outra vez com o mandato e foi Deferido na segunda instancia. Eu e muitos colegas estávamos felizes e alegres porque iríamos enfim ingressar no Programa. O Ministério Da Saúde começou a enrolar para cumprir o nosso mandato de segurança que estava deferido pelo desembargador. E os meses se passaram a angustia só aumentava e nada do Ministério da Saúde nos convocar para a entrega dos nossos documentos em Brasília.
A Dra. Mirtys decidiu ir pessoalmente no Ministério da Saúde para litigar a meu favor e dos colegas que estavam em espera. Fiquei impressionado pela atitude tomada da Dra. Mirtys de ir ao Ministério e defender a nossa causa (trabalha e mora em BH-Minas Gerais). Depois de algumas semanas o Ministério começou a enviar-nos e-mails para entrega dos documentos em Brasília. O sorriso era grande porque iríamos ao acolhimento em Brasília.
Ao chegar em Brasília, era tudo novidade, bonança, comíamos bem, éramos bem tratados por todos do hotel e do Programa Mais Médicos. Na terceira semana que estávamos no programa, minha liminar foi indeferida pelo Juiz! O meu sonho e dos colegas estavam indo por água abaixo porque no décimo edital que entramos ainda continha o requisito de 1/8 mil habitantes que vedava a participação de brasileiros, que não poderiam entrar porque haviam estudado em países como Peru, Paraguai, Bolívia e etc.
Ligamos novamente para a Dra. Mirtys ela disse: não se preocupem vou entrar novamente porque o Edital mudou e temos mais uma oportunidade.  No meu humilde entendimento revogar uma decisão já julgada pelo Juiz seria uma coisa impossível de ser feito porque nenhum juiz não daria o braço a torcer. A Dra. com todos os seus conhecimento e experiência entrou outra vez.  A espera era como se fosse uma eternidade porque estávamos preocupadíssimos sem saber o que poderia acontecer. Será que estaríamos fora do programa?
Esperamos cerca de um mês e meio, então a resposta veio deferida pelo próprio Juiz que no passado havia concedido para todos o mandato de segurança “indeferidos”. A felicidade voltou! Agora já estou trabalhando no Programa Mais médicos há 6 meses. A Jornada não foi fácil!
Quero agradecer de todo o meu coração e ao meu bom Deus por ter colocado essa excelente e prestigiosa profissional a Dra. Mirtys Fabiany de Azevedo Pereira que lutou incansavelmente por nós e pela nossa causa e por ter levado as nossas dores. Uma coisa que ela sempre disse: “Confia em Deus porque ele é muito maior.” Isso me deu mais força e garra!
Muito Obrigado Doutora que Deus te abençoe sempre!
Deus é Maior!

Dr. Salomon Ben Perez | Universidade Del Valle, Bolívia