Veja alguns Depoimentos de Clientes

A Jornada não foi fácil!

Formei na Universidade Del Valle, na Bolívia no ano de 2015. A minha trajetória não foi fácil, parecia que estava sem rumo ou sem direção para seguir. Depois que me graduei queria trabalhar muito, ganhar dinheiro, crescer socialmente e isso parecia uma coisa concreta por ser Médico recém formado e assim ganharia bem.
Porém a minha situação era um pouco difícil por ter estudado no exterior e não ter o CRM. Conversei com vários colegas e amigos para ver a possibilidade de contratar o serviço de um Advogado que pudesse defender minha causa. Então o nome de vários advogados foram descritos na mesa e o nome Dra. Mirtys Fabiany Azevedo Pereira, foi mencionado várias vez pelos colegas. Acatei o conselho dos colegas e mandei um e-mail para Dra. Mirtys e sem demora respondeu no mesmo dia.
A jornada não foi fácil e como muitos decidi entrar no Programa Mais Médicos para o Brasil. A Dra. Mirtys ingressou com mandato de segurança o que foi negado na primeira instancia e assim ela decidiu entrar outra vez com o mandato e foi Deferido na segunda instancia. Eu e muitos colegas estávamos felizes e alegres porque iríamos enfim ingressar no Programa. O Ministério Da Saúde começou a enrolar para cumprir o nosso mandato de segurança que estava deferido pelo desembargador. E os meses se passaram a angustia só aumentava e nada do Ministério da Saúde nos convocar para a entrega dos nossos documentos em Brasília.
A Dra. Mirtys decidiu ir pessoalmente no Ministério da Saúde para litigar a meu favor e dos colegas que estavam em espera. Fiquei impressionado pela atitude tomada da Dra. Mirtys de ir ao Ministério e defender a nossa causa (trabalha e mora em BH-Minas Gerais). Depois de algumas semanas o Ministério começou a enviar-nos e-mails para entrega dos documentos em Brasília. O sorriso era grande porque iríamos ao acolhimento em Brasília.
Ao chegar em Brasília, era tudo novidade, bonança, comíamos bem, éramos bem tratados por todos do hotel e do Programa Mais Médicos. Na terceira semana que estávamos no programa, minha liminar foi indeferida pelo Juiz! O meu sonho e dos colegas estavam indo por água abaixo porque no décimo edital que entramos ainda continha o requisito de 1/8 mil habitantes que vedava a participação de brasileiros, que não poderiam entrar porque haviam estudado em países como Peru, Paraguai, Bolívia e etc.
Ligamos novamente para a Dra. Mirtys ela disse: não se preocupem vou entrar novamente porque o Edital mudou e temos mais uma oportunidade.  No meu humilde entendimento revogar uma decisão já julgada pelo Juiz seria uma coisa impossível de ser feito porque nenhum juiz não daria o braço a torcer. A Dra. com todos os seus conhecimento e experiência entrou outra vez.  A espera era como se fosse uma eternidade porque estávamos preocupadíssimos sem saber o que poderia acontecer. Será que estaríamos fora do programa?
Esperamos cerca de um mês e meio, então a resposta veio deferida pelo próprio Juiz que no passado havia concedido para todos o mandato de segurança “indeferidos”. A felicidade voltou! Agora já estou trabalhando no Programa Mais médicos há 6 meses. A Jornada não foi fácil!
Quero agradecer de todo o meu coração e ao meu bom Deus por ter colocado essa excelente e prestigiosa profissional a Dra. Mirtys Fabiany de Azevedo Pereira que lutou incansavelmente por nós e pela nossa causa e por ter levado as nossas dores. Uma coisa que ela sempre disse: “Confia em Deus porque ele é muito maior.” Isso me deu mais força e garra!
Muito Obrigado Doutora que Deus te abençoe sempre!
Deus é Maior!

Dr. Salomon Ben Perez | Universidade Del Valle, Bolívia

DIPLOMA REVALIDADO PELA UFF- NITEROI 2014

“Pessoal,
Quero compartilhar com todos vocês uma coisa muito importante que vem acontecendo na minha vida e culminou hoje… O processo longo e difícil da revalidação do diploma médico estrangeiro!
Hoje depois de exatos 18 meses passando por todos os medos, ansiedade, nervoso (fora os 6 anos já passados dentro da faculdade) deixando toda minha família de cabelo em pé comigo, abandonando quem eu amo mais uma vez, até perder minha avó sem nem ter compartilhado de momentos com ela, nesses últimos 8 anos, recebi o resultado de que fui aprovada na UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE- UFF… Um processo de três fases, 5 meses de evolução! E quero que todo mundo saiba, graças a Deus passos falar isso, não só por que passei, mas nós que nos formamos fora do Brasil, por diversas razões e por situações adversas e não por critérios de competência, Porque esse critério eu reconheço em cada um dos meus colegas paraguaios e brasileiros, dos excelentes profissionais com quem tive oportunidade de trabalhar, meu professores que foram uma lição em tudo na minha vida, aliás ter tido a oportunidade de estar no Paraguai de conviver com os paraguaios me fez uma pessoa melhor, um ser humano melhor, aprendi a medicina e aprendi a viver, aprendi o que é um amigo, o que é ser gente, o que é a medicina por amor e com amor que todos falam mas que poucos sabem! Eu só quero e desejo hoje não decepcionar, ser o que sempre pedi pra o Papai do céu, ser instrumento Dele, que eu seja útil, que minha vida seja útil, essa é a minha maneira de servir. O caminho só está começando e eu darei o melhor que eu tenho, por que eu recebi o melhor nesse caminho todo de um sonho…. Obrigada a todas as preces meu familiares, Jeannette Canazilles minha rainha, alma gêmea, Silvano Alves meu herói, Allan Canazilles meu príncipe meu filho além de irmão e todos os outros que cada um se doou um pedacinho por mim, amigos paraguaios e brasileiros que fiz, aos amigos do Mais médicos uma experiência linda, maravilhosa, aos amigos da UFMT que em 45 dias já são parte da minha vida, meus parceiros, não poderia faltar mais uma grande mulher que conseguiu com que eu fosse a primeira médica formada no Paraguai a conseguir participar do programa Mais médicos para o Brasil Mirtys Fabiany Azevedo Pereira Revalide Advocacia.”

Silvanna Canazilles Alves | CAMPO GRANDE-MS

Diploma Revalidado na UFMG 2012

“Dra.Mirtys,
Gostaria de agradecer todo o carinho e dedicação que me foi ofertado por esta pessoa humana que és! Aproveitando este espaço quero deixar um recado a todos os médicos revalidandos que desejam retornar ao nosso querido Brasil:
Nunca desistir, estudar, estudar e estudar. Graças a Deus e a pessoas honestas neste mundo! Creio que você Dra. Mirtys é uma esperança para muitos sonhos perdidos no exterior. Rogo que continue ajudando esta gente que precisa dos seus serviços. Obrigado por tudo! ”

RENATO XAVIER DA SILVA- | MEDICO BRASILEIRO EM PORTUGAL

FABIANO FERRARI- DIPLOMA REVALIDADO E CRM NAS MAOS

“Bom, nem preciso dizer o quanto estou grato à senhora por tudo que fez por mim. Sei que não tive só uma profissional por trás da revalidação e sim uma pessoa amiga, confiável e muito querida. Graças à senhora, que deu o pontapé inicial nessa minha caminhada, estou agora virando a página desse livro e começando outra.
Só posso dizer meu muito obrigado e agradecer ao Pai tanta bondade para comigo.
Um forte abraço, fique com Deus e…qualquer coisa é só me falar. Ganhastes um amigo sincero!

FABIANO FERRARI | SAO PAULO-SP-BRASIL

CRM NAS MAOS - DIPLMA REVALIDADO PELA UFMT

“Boa tarde querida Dra. Mirtys, como está? Espero que bem, especialmente com muita saúde pra enfrentar toda essa correria…
Primeiramente queria agradecer a Senhora por todo o apoio que me foi dado na minha revalidação, jamais pensei que tão rapidamente poderia dizer que “JÁ TENHO O CRM!!”, pois é bem sabido que a maioria das pessoas leva um tempo pra conseguir aprovar. Mas graças a Deus, à minha linda família e ao seu apoio, que diga-se de passagem não é só um apoio de ir lá e fazer a inscrição, tem todo um incentivo de que vamos conseguir nossa meta e sempre uma preocupação de saber como nos pessoas (e não só clientes) estamos, hoje tenho o meu tão ansiado CRM e agora só resta rezar muito e pedir a Deus que este ano seja o do meu esposo. Com isso completaríamos nossa alegria.
Não sei como lhe explicar a felicidade que me invadia no momento em que vi aquele numerinho que tanto esperei, não conseguia falar, pensava em todas as barreiras vencidas: estar tantos anos longe de casa, as tantas dificuldades financeiras para terminar a carreira, as tantas noites de estudo sem poder dormir, os maus-tratos dos doutores durante o internado, fazer a prova da UFMT com 7 meses de gravidez e 40º de calor e tantas outras coisas que só quem decidiu se aventurar nesta medicina sabe e que agora valem tanto a pena, não sei como explicar este sentimento.
Obrigada por sempre perguntar também pela minha família e em especial pelo meu pequeno Gastón, que a cada dia que passa fica mais lindo, espero possamos nos ver de novo e possa conhece-lo pessoalmente. Enfim, OBRIGADA POR TUDO DE CORAÇAO!!!”

Gabriela Alexandra Arrueta Alarcon | BRASILIA-DF

Página 1 de 9 páginas  1 2 3 >  Último »