Fique por dentro no Blog Revalide

COMPLEMENTAÇÃO EM CARATINGA- VISITA DA COMISSÃO DE REVALIDAÇÃO DA UFMT

Estivemos hoje reunidos na UNEC/CARATINGA, a nossa representante jurídica do REVALMED (http://www.revalmed.com.br) e do REVALIDE (http://www.revalide.com.br) a Dra Mirtys Fabiany Azevedo Pereira, juntamente com a Comissão de Revalidação de diplomas da UFMT, representada pelo Diretor da Faculdade de Medicina Doutor Antonio Jose Amorim e as professoras Doutoras Eloise e Olga, além da coordenadora do curso de Medicina da UNEC a Doutora Helena Facury e a coordenadora do curso Bruna Ladeira e os doutores que estão complementando os seus estudos pela UNEC.
O curso de complementação foi bastante elogiado pelo Doutor Amorim, após a visita técnica e está cumprindo todas as normas exigidas pela UFMT. A UMEC é uma instituição educacional de REFERENCIA e prima pela qualidade no ensino.
Não podemos deixar de parabenizar a coordenadora do curso de Medicina da UNEC, a Renomada Doutora Helena Facury e a coordenadora do curso a Senhorita Bruna Ladeira, além de todos os demais funcionários envolvidos neste procedimento, Magnifico Reitor e diretores. Aos alunos que nos escolheram para representá-los, agradecemos pelo voto de confiança.
Todos os inscritos no processo de revalidação de diplomas da UFMT 2016, que participaram das provas aplicadas pela UFMT e foram reprovados na primeira fase, tem DIREITO A COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS.
O curso para complementação de estudos na modalidade sequencial como exigido pela UFMT, foi criado pela Revalmed em parceria com a FUNEC – Fundação Educacional de Caratinga – MG, cabendo à Revalmed e associados (Revalide), exclusivamente a sua lotação.
NOSSA EXPERIÊNCIA:
Informamos que já concluímos cinco diferentes turmas que complementaram com pareceres da UFRN, UFPB e UFMT sendo que todos os alunos já estão com o registro de diploma e com registro no CRM, não tendo sido necessário a apresentação de nenhum recurso administrativo ou aplicação de novas provas. A penúltima turma com parecer da UFMT foi lotada com 139 alunos.
O Revalide e o Revalmed, possuem em seu currículo mais de 2.000 (Dois mil) diplomas de medicina revalidados em treze/quatorze anos administrativamente, judicialmente ou por complementação.
As Vantagens da complementação de estudos na UNEC:
Caratinga é uma cidade hospitaleira e acolhedora no interior leste de Minas Gerais. Fica à 100 Km de Ipatinga (Vale do Aço) que conta com aeroporto com voos diários para todo Brasil.
Baixo custo de vida e custo de alugueis.
Instituição com mais de 50 anos de Educação de qualidade e referência na região.
Curso de Medicina com reconhecimento pelo MEC com nota 4 (sendo nota 5 a máxima).
Oferece cursos de complementação de estudos para candidatos com parecer de Universidades Federais desde 2011 com 100% de aprovação na UFRN, UFPB e UFMT.
Aulas teóricas acontecem no CAMPUS II e são ministradas pelos professores mestres e doutores da UNEC. No Campus II temos salas equipadas com multimídia, anatômico e laboratórios para a capacitação dos alunos, e estes foram elogiados pela comissão da UFMT.
Laboratório para aulas para vinte alunos em ambiente específico de estudos e orientação. (notebook necessários de uso individual e particular do aluno).
Diversos campos de estágio: Hospital Nossa Senhora Auxiliadora (conta com UTI ADULTO), Maternidade Grimaldo Barros de Paula (Maternidade de alto risco com UTI Neonatal), PAI – Pronto Atendimento Infantil, PAM – Pronto Atendimento Municipal, Estratégias de Saúde da Famíla (ESF) do município de Caratinga e região, CASU – Centro de Assistência a Saúde e Centro de Reabilitação da UNEC.
Nas Estratégias de Saúde da Familia(ESF), o candidato realiza seu estágio no máximo em dupla com um preceptor e acontecem reuniões semanais com preceptoria para a otimização de situações rotineiras e busca de novas formas de atenção à Saúde Pública. Segundo o MEC, para atingir nota máxima é exigido 01(um) preceptor para 05(cinco) estagiários, porém a pedido da UFMT nas ESF alocamos no máximo 02(dois) alunos para cada preceptor.
O CASU -  Centro de Assistência à Saúde, funciona em prédio próprio sobre a administração da UNEC anexo ao CAMPUS II. Este atualmente tem três andares: o primeiro andar é composto por ambulatório de especialidades médicas e multiprofissional com a realização de exames laboratoriais e de imagem, e laboratório de habilidades médicas realísticas; no segundo andar acontecem atendimentos de urgências, internação no Hospital dia; e no terceiro andar temos o bloco cirúrgico de pequenas cirurgias. Com intenção futura de ampliações com internações e UTI. A comissão da UFMT elogiou a infraestrutura moderna, ampliação dos atendimentos e a constante expansão do CASU.
O Centro de Reabilitação que se encontra no CAMPUS III é uma expansão do CASU, e conta com atendimentos ambulatoriais multiprofissionais, como a Equoterapia. E esta ampliação da atuação multiprofissional foi elogiada na última visita da UFMT.
Outra ação elogiada pela UFMT é o controle das atividades dos alunos do Curso Sequencial. Disponibilizamos 02(dois) funcionários para controle de entrada e saída dos alunos nos diversos campos de estágio, além do controle em formulário próprio sob supervisão do preceptor.
Em breve teremos em Caratinga a UPA – Unidade de Pronto Atendimento.
EM TODAS AS ATIVIDADES TEMOS PRECEPTORES PARA OS ALUNOS DO CURSO SEQUENCIAL.
Faça a sua complementação de estudos COM QUALIDADE E RESPONSABILIDADE. Desconfie de promessas de coisas fáceis e atrativos que certamente não serão cumpridos e pode por toda a sua complementação a perder! Dispomos de financiamento.
Se você está inscrito na UFMT 2016 e foi reprovado na prova aplicada, entre em contato conosco através dos emails: .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail) e .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail) (COMPLEMENTAÇÃO UFMT), que lhes enviaremos informações pertinentes.
Fonte:REvalide
 

DEFERIDA A LIMINAR PARA INSCRIÇÃO NO REVALIDA SEM DIPLOMA

Informamos que foi deferida pelo ilustríssimo Doutor Juiz Federal WALDEMAR CLÁUDIO DE CARVALHO, a Liminar aos nossos Clientes, determinando o seguinte: “Ante o exposto, DEFIRO o pedido de liminar, para determinar à Autoridade Impetrada que homologue a inscrição dos Impetrantes: THAIS CRISTIANE PROENCA, ITALO NERES RIBEIRO e GUILHERME LUIS BROERING, independentemente da apresentação de diploma, de modo a assegurar as suas participações no Revalida 2016, se outro impedimento não houver, ficando condicionada a apresentação do diploma de graduação em medicina no momento da efetiva revalidação.”
Aqueles que pretendem efetivar as suas inscrições no REVALIDA 2016 e ainda não tem diploma em maos, nos contacte IMEDIATAMENTE pelo email .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail) (assunto: INSCRIÇÃO NO REVALIDA 2016).
Fonte:Revalide
http://www.revalide.com.br

47 CLIENTES NOSSOS JÁ COM COMPLEMENTAÇÕES DEFERIDAS NA UFMT 2016

Até o momento QUARENTA E SETE CLIENTES NOSSOS, já tiveram as suas ações deferidas lhes ASSEGURANDO O DIREITO A COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS NA UFMT, mesmo sendo REPROVADOS nas provas aplicadas.
Agradecemos aos doutores ANDREIA LEITE BITENCOURT, CELIO REIS DE OLIVEIRA JUNIOR, LUANNA DAILEY ROSA VASCONCELOS, LORENA RODRIGUES LUGO, MELANIO SERAPIO ANCARI ALCAZAR, LEONARDO MARECOS MACIEL, NEYRYANE MORENO DE LMA, THAYANA SILVA BARBOSA, PAULO WEINBERGER MELO DE NAZARE, BILLY ASHTON SPENCE, MARTIN MIGUEL FERRARI,  SILVIA VALERIA LUQUI, MOISES LUNA ESTRADA,  OSCAR HAROLD TORRICO LIZARRAGA, FREDERICO CANDIDO CORREA, ALAN PEREIRA DAMIAO, ROGERIO CACERES FERREIRA JUNIOR, OSMAR BALCAZAR TORRES, ALAN DREW ROCA, CARLOS JULIANO SANTOS NUNES, CELSO BRAZ AGUILAR, FRANCIELLY VIANA MOREIRA, RODRIGO CAHUANA CHIPAYO, TAREQ SALEM MOHAMMED ABUIYADA, FRANCISCO FELIPE ALVES MORAIS, JORGE GABRIEL BARROS DE ALMEIDA, LENKA BILBAO BRIDDY,  RODRIGO PACHECO DE MELO LEITE, CADMA DA SILVA PEREIRA, PAULO MARCELINO SILVA JUNIOR, GONZALO CUBA VALDEZ, LUZIANE RINIE PRESISSLER FURTADO,  EDUARDO FERNANDES LEITAO,  NADIA TESSARO SALEIS, BARBARA SAMPAIO COELHO, CARLOS ALBERTO DA COSTA, HENRIQUE GLÓRIA CARVALHO NETO, MARCOS ROBERTO LOPES FILHO, GUSTAVO JORGE FLORES AYAVIRI, RAFAEL LOPES REZENDE, THIAGO FROTA SILVA, MARCOS STEVENS FLORES MONGE, DISNEIDE BARBOZA DA SILVA, FRANCISCO ARLES FERNANFEZ SUAREZ, ALESSANDRA FABRICIA DE SOUZA, ALEXIS FLORENTIN CALONGA GOMEZ e BELEN SALVATIERRA AMEZAGA.
Após a prova, INGRESSAREMOS COM NOVAS MEDIDAS JUDICIAIS, para os interessados na complementação de estudos. Entre em contato pelo email .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail) (ASSUNTO: COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS NA UFMT 2016)
Por fim, informamos que ainda possuímos vagas para a PALESTRA GRATUITA que realizaremos em CUIABÁ que será ministrada pela Renomada Doutora Mirtys Fabiany de Azevedo Pereira, cujo tema será: “A REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS MÉDICOS, NOS DIAS ATUAIS FRENTE À NOVA RESOLUÇÃO E A COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS.” Às 15:30 no dia 14/08/2016 (domingo), no Hotel Deville Prime Cuiabá, localizado à Avenida Isaac Povoas, Nº 1000 Centro, Cuiabá-MT.
Os médicos revalidandos (as) interessados em participar deste evento deverão enviar IMEDIATAMENTE um email para .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail) com o seu NOME COMPLETO, EMAIL E TELEFONE, com o ASSUNTO: PALESTRA CUIABÁ. Todos, inclusive nossos clientes, deverão confirmar as suas presenças até o dia 12/08/2016 ás 22:00 hs, pois estes dados serão repassados aos organizadores do evento, em função do espaço físico que o HOTEL DEVILLE dispõe para comportar os participantes. Assim, fique atento!
Por fim, informamos que já estamos enviando as confirmações da PALESTRA, aos e-mails. FAVOR IMPRIMIR A SUA CONFIRMAÇÃO QUE DEVERÁ SER APRESENTADA JUNTAMENTE COM A SUA CARTEIRA DE IDENTIDADE (IDENTIFICAÇÃO), no evento.
Fonte:REvalide

CONFIRMAÇAO DE PRESENÇA NA PALESTRA GRATUITA EM CUIABÁ

Prezados Clientes e demais revalidandos (as),
Boa tarde!
Informamos que ainda possuímos vagas para a PALESTRA GRATUITA que realizaremos em CUIABÁ que será ministrada pela Renomada Doutora Mirtys Fabiany de Azevedo Pereira, cujo tema será: “A REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS MÉDICOS, NOS DIAS ATUAIS FRENTE À NOVA RESOLUÇÃO E A COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS.” Às 15:30 no dia 14/08/2016 (domingo), no Hotel Deville Prime Cuiabá, localizado à Avenida Isaac Povoas, Nº 1000 Centro, Cuiabá-MT.
Os médicos revalidandos (as) interessados em participar deste evento deverão enviar IMEDIATAMENTE um email para .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail) com o seu NOME COMPLETO, EMAIL E TELEFONE, com o ASSUNTO: PALESTRA CUIABÁ. Todos, inclusive nossos clientes, deverão confirmar as suas presenças até o dia 11/08/2016 ás 22:00 hs, pois estes dados serão repassados aos organizadores do evento, em função do espaço físico que o HOTEL DEVILLE dispõe para comportar os participantes. Assim, fique atento!
Por fim, informamos que ainda hoje enviaremos um email a todos os interessados que já confirmaram as suas presenças através do email disponibilizado. Se já nos enviou um email e não confirmamos a sua presença, por favor entre imediatamente em contato conosco.
Atenção! Os nossos clientes também deverão confirmar as suas presenças.
Fonte:REvalide

UFMT 2016: JÁ ASSEGURADO O DIREITO A COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS PARA 26 CLIENTES NOSSOS

Quando colocamos Deus à frente dos nossos propósitos e acreditamos no que fazemos com amor e dedicação ao nosso trabalho, NÃO TEM COMO NÃO DAR CERTO.
Não fugimos as nossas lutas. Sempre trabalhamos em prol dos nossos clientes e vestimos as camisas deles, afinal fazemos isso há 14 anos.
Com muita alegria informamos que até o momento, foram deferidas LIMINARES FAVORAVEIS A 26 CLIENTES QUE RERESENTAMOS em face da UFMT, mudança no edital, DETERMINANDO A COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS A ESTES IMPETRANTES (CANDIDATOS) APÓS A REPROVAÇÃO NAS PROVAS QUE SERÃO APLICADAS PELA UFMT.
O Ilustríssimo Juiz Federal RAPHAEL CAZELLI DE ALMEIDA CARVALHO, DEFERIU A LIMINAR: “Diante do exposto, DEFIRO o pedido de liminar para possibilitar aos impetrantes a realização de estudos complementares conforme a previsão do Edital nº 001/FM/2016.
Afasto, por consequência, neste caso em específico, a aplicação das normas do Edital de Retificação nº 001/FM/2016, no que tange à limitação do número de vagas 05 – (cinco) pela FUFMT.
Defiro aos impetrantes a gratuidade da justiça, com fulcro na Lei nº 1.060/50, artigos 2º, parágrafo único e 4º, com as atualizações da Lei nº 7.510/86.
Agradecemos aos Doutores: FRANCIELLY VIANA MOREIRA, TAREQ SALEM MOHAMMED ABUIYADA; RODRIGO CAHUANA CHIPAYO; FRANCISCO FELIPE ALVES MORAIS; JORGE GABRIEL BARROS DE ALMEIDA; LENKA BILBAO BRIDDY, MARCOS ROBERTO LOPES FILHO, GUSTAVO JORGE FLORES AYAVIRI; RAFAEL LOPES REZENDE; THIAGO FROTA SILVA; MARCOS STEVENS FLORES MONGE; DISNEIDE BARBOZA DA SILVA; FRANCISCO ARLES FERNANDEZ SUAREZ; ALESSANDRA FABRICIA CAVALCANTE MOREIRA DE SOUZA; ALEXIS FLORENTIN CALONGA GOMEZ; BELEN SALVATIERRA AMEZAGA, RODRIGO PACHECO DE MELO LEITE, GONZALO CUBA VALDEZ; LUZIANE RINIE PREISSLER FURTADO; EDUARDO FERNANDES LEITÃO; CADMA DA SILVA PEREIRA; PAULO MARCELINO SILVA JUNIOR; NADIA TESSARO SALEIS; BARBARA SAMPAIO COELHO; CARLOS ALBERTO DA COSTA; HENRIQUE GLÓRIA CARVALHO NETO, pela confiança em nossos trabalhos.
Ressaltamos que estas decisões somente alcançam a estes impetrantes, NÃO sendo extensiva a todos os inscritos, ao contrário do que estão falando.
Os clientes em tela, assim como todos os candidatos inscritos na UFMT 2016 que tiverem as suas INSCRIÇÕES DEFERIDAS NA SEGUNDA ETAPA (listagem será publicada hoje, 08/08/2016), deverão participar da prova que será aplicada pela UFMT, no dia 14 de Agosto, em Cuiabá, senão serão excluídos do procedimento e perdem os seus direitos.
Se você está inscrito na UFMT 2016 e tem interesse na complementação de estudos em caso de REPROVAÇÃO NA PROVA APLICADA entre IMEDIATAMENTE EM CONTATO através do email .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail)
Fonte: REvalide

Suspensão ou retificação da RESOLUÇÃO 03/2016. Destinatários: GRADUADOS NO EXTERIOR

Prezados Revalidandos (os),
Em função da NOVA RESOLUÇÃO Nº 3, DE 22 DE JUNHO DE 2016, publicada pelo MEC, que limita em apenas 2 (duas) inscrições para revalidar o seu diploma, suprimiu os estudos complementares em outras instituições, causando danos e prejuízos a quem se dedicou anos de sua vida, se submeteu a estudar em outro país por questões principalmente por não conseguir no seu país pagar elevadas mensalidades cobradas pelo curso de medicina.
Diante de tanta ilegalidade e em defesa dos revalidandos e dos seus clientes as renomadas doutoras: Aurélia Calsavara Takahashi, Mirtys Fabiany Azevedo Pereira, Raimunda Ferreira Santos Gurgel e Mirian Rejane Galeazzi, convocaram uma reunião em Brasília, no dia 10/08/2016, no Ministério da Educação, com o Conselho Nacional de Educação para tratarmos de assuntos do interesse dos graduados no exterior. Nesta reunião iremos apresentar o abaixo assinado. Assim solicitamos o seu empenho para mudarmos esta legislação, que causa graves prejuízos aos revalidandos.
De a sua contribuição e peça a sua família para contribuir também. Entre por favor no site abaixo e assine. Necessitamos colher o máximo de assinaturas possíveis.
Lembrem-se que juntos seremos MAIS FORTES!
https://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/33465
 
“AO EXCELENTÍSSIMO SENHOR MINISTRO DA EDUCAÇÃO.
ILUSTRÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO
Os cidadãos, abaixo-assinado, cursaram e cursam medicina em Instituição de Ensino Superior Estrangeira, respeitosamente, requerem, a retificação da RESOLUÇÃO Nº 3, DE 22 DE JUNHO DE 2016, a qual dispõe sobre normas referentes à revalidação de diplomas de cursos de graduação e ao reconhecimento de diplomas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado), expedidos por estabelecimentos estrangeiros de ensino superior.
A Resolução, supre os revalidandos de realizarem os processos, limita em apenas 2 (duas) inscrição para revalidar o diploma, supre os estudos complementares em outras instituições, causando danos e prejuízos a quem se dedicou anos de sua vida, se submeteu a estudar em outro país por questões principalmente de não conseguir no seu país pagar elevadas mensalidades cobradas pelo curso de medicina.
Não buscam revalidar seus diplomas sem serem submetidos a regras justas e com o rigor necessário, porém a limitação pela Resolução Nº 03/2016, fere os princípios constitucionais dos que se graduaram e estão para se graduar no estrangeiro, causando-lhes riscos irreparáveis.
Ante o exposto, requerem a imediata suspensão ou retificação da RESOLUÇÃO 03/2016, permitindo que os Estudos complementares sejam realizados em Outras Instituições de Ensino Superior devidamente autorizada e regulamentada pelo Ministério da Educação, considerando que nas Universidades Públicas será impossível realizarem Estudos Complementares, em razão do elevado número de revalidandos, e considerando que as Universidades Privadas são autorizadas pelo MEC a ministrar curso de Medicina, são também competentes para ministrar Estudos Complementares, inclusive fiscalizados pela Universidade Pública que revalidará o diploma.
Requerem, seja anulado o Artigo 15, o qual determina apenas o direito a 1 (uma) nova inscrição para o processo de revalidação, limitação está que afronta os direitos constitucionais.
Antecipadamente, agradecem a atenção para com o assunto, e esperam seja a referida Resolução submetida a novos estudos.
São Paulo, 06 de agosto de 2016.”
https://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/33465
Fonte:Revalide

NOTICIAS UFMT 2016- LIMINAR JÁ DEFERIDA DETERMINANDO A COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS

Em trabalho conjunto PIONEIRO desenvolvido pelas RENOMADAS doutoras: Dra. Aurélia, Dra. Mirian, Dra. Mirtys (Assessora jurídica do Revalide/Revalmed- Dimas Akucevikius) e Dra. Raina, começamos hoje a colher os frutos do que plantamos e acreditamos.
Através do nosso esforço, saiu a primeira decisão -das muitas que virão-, onde o Ilustríssimo Juiz Federal RAPHAEL CAZELLI DE ALMEIDA CARVALHO, “DEFERIU o pedido de liminar dos nossos representados para possibilitar aos impetrantes a realização de estudos complementares conforme a previsão do Edital nº 001/FM/2016,  e afastar, por consequência, neste caso em específico, a aplicação das normas do Edital de Retificação nº 001/FM/2016, no que tange à limitação do número de vagas 05 – (cinco) pela FUFMT.”
Agradecemos a DEUS e a todos os nossos clientes que confiaram em nossos trabalhos. Tudo que fazemos é dedicados a vocês, porque vivemos as suas lutas e sonhamos juntos a concretização do seu objetivo a conquista do CRM.
Continuamos efetivando este tramite. Se você está inscrito na UFMT 2016, entre em contato com quem o inscreveu no processo de revalidação de diplomas: Dra. Aurélia, Dra. Mirian, Dra. Mirtys (Assessora jurídica do Revalide/Revalmed- Dimas Akucevikius) e Dra. Raina conosco assunto (UFMT 2016). Caso não tenha sido escrito por nenhuma de nós nos contacte pelo email .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail) (UFMT 2016).
Fonte: REvalide

 

ATENÇÃO! PUBLICADO O EDITAL DO REVALIDA 2016. AS INSCRIÇÕES acontecerão no período de 04/08/2016 á 17/08/2016

Publicado hoje o EDITAL Nº 22, DE 2 DE AGOSTO DE 2016, pelo PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA (Inep), que institui o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por Instituições de Educação Superior estrangeiras (Revalida), torna pública a realização da próxima edição do Revalida.
As inscrições acontecerão no período de 04/08/2016 á 17/08/2016. O valor da taxa de inscrição relativa à primeira etapa de avaliação é de R$ 100,00 (cem reais). O valor da taxa de inscrição relativa à segunda etapa de avaliação é de R$ 300,00 (trezentos reais).
IREMOS OFERTAR ASSESSORIA NESTA INSCRIÇÃO. Para ser por nós representado nos encaminhe um email imediatamente para .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail) (INSCRIÇÕES REVALIDA 2016)
O edital está publicado na integra no site http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=03/08/2016&jornal=3&pagina=55&totalArquivos=240
Fonte: REvalide
 
“1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
1.1 Este Edital rege a realização da edição 2016 do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por Instituições de Educação Superior estrangeiras, doravante chamado Revalida, implementado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - Inep, dispondo sobre as diretrizes, procedimentos e prazos do Exame.
1.2 A edição do Revalida 2016 tem por finalidade precípua subsidiar os procedimentos de revalidação de diplomas médicos conduzidos por Instituições de Educação Superior Públicas que aderiram ao Exame, listadas no Anexo I deste Edital. Elas utilizarão o Revalida como instrumento unificado de avaliação capaz de apoiar seus processos de revalidação, nos termos do art. 48, § 2º, da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996.
1.3 O Revalida, regulamentado por este Edital, é regido pela Portaria Interministerial MEC/MS nº 278, de 17 de março de 2011, publicada no Diário Oficial da União de 18 de março de 2011, e tem como base a Matriz de Correspondência Curricular republicada como anexo da referida Portaria Interministerial.
1.4 As informações sobre a aplicação do Exame serão divulgadas no endereço eletrônico http://revalida.inep.gov.br/revalida/inscricao.
1.5 O Revalida compreenderá 2 (duas) etapas de avaliação: 1.5.1 A primeira etapa é formada pela avaliação escrita, com a aplicação de duas provas: uma prova objetiva, composta por questões de múltipla escolha, e a outra discursiva, composta por questões discursivas;
1.5.2A segunda etapa é formada pela avaliação de habilidades clínicas, estruturada em um conjunto de 10 (dez) estações, nas quais durante um intervalo de tempo determinado os examinandos deverão realizar tarefas específicas.
1.6 As duas etapas, citadas no subitem 1.5, são de caráter eliminatório.
1.7 O participante escolherá a cidade onde realizará a primeira etapa do Revalida, conforme opções disponibilizadas pelo INEP no site de inscrições. A segunda etapa poderá ser realizada em mais de um local, os quais serão divulgados quando da apresentação do resultado da primeira etapa.
2. DA INSCRIÇÃO
2.1 A inscrição será realizada exclusivamente via Internet, no endereço http://revalida.inep.gov.br/revalida/inscricao no período entre o dia 04 a 17 de agosto de 2016, até às 23 horas e 59 minutos, observado o horário oficial de Brasília/DF.
2.2 Antes de efetuar sua inscrição, o participante deverá certificar-se de que atende a todos os requisitos exigidos para a participação no Revalida, regulamentados por este Edital e demais instrumentos normativos.
2.3 Para fazer sua inscrição, o participante deverá entrar no site indicado e obter código de identificação e senha.
2.3.1 O número de inscrição e a senha devem ser mantidos sob a guarda do participante, sendo indispensáveis para o acompanhamento do processo de inscrição e para a obtenção dos resultados individuais via Internet.
2.3.2 A senha de acesso ao sistema é pessoal, intransferível e sua guarda é de inteira responsabilidade do participante.
2.4 Os requisitos para participação no Revalida são:
2.4.1 Ser brasileiro (a) ou estrangeiro em situação legal no Brasil;
2.4.2 Possuir Cadastro de Pessoas Físicas - CPF, emitido pela Receita Federal do Brasil.
2.4.3 Ser portador de diploma médico expedido por Instituição de Educação Superior Estrangeira, reconhecida no país de origem pelo seu Ministério da Educação ou órgão equivalente, autenticado pela autoridade consular brasileira.
2.5 Ao fazer sua inscrição o participante deverá:
2.5.1 Enviar arquivo com o diploma digitalizado, frente e verso, tal como solicitado pelo sistema de inscrição, em um dos seguintes formatos: jpg, jpeg, pdf ou png. Qualquer outro documento não substitui o diploma solicitado.
2.5.2 Informar se possui o Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa Para Estrangeiros (Celpe-Bras).
2.5.3 Preencher o requerimento de inscrição, indicando a universidade pública brasileira, dentre aquelas que aderiram ao Revalida e listadas no Anexo I, à qual a revalidação de seu diploma estará vinculada.
2.5.3.1 Qualquer alteração na indicação acima mencionada, após a divulgação do resultado do Revalida, deverá ser submetida à apreciação da Secretaria de Educação Superior - SESu/MEC que deliberará sobre o pedido.
2.5.4 Informar sobre a necessidade de atendimento diferenciado ou específico (inclusive lactantes e guardadores dos sábados), em campo próprio.
2.6 O participante é responsável pelas informações prestadas no requerimento de inscrição, sob pena de responder por crime de falsidade ideológica, de ter a mesma cancelada e de serem anulados os atos dela decorrentes.
2.7 O Inep não se responsabiliza por solicitação de inscrição não recebida por quaisquer motivos de ordem técnica dos computadores, por falhas de comunicação, por congestionamento das linhas de comunicação, por procedimento indevido do participante, bem como por outros fatores que impossibilitem a transferência de dados.
2.8 É de responsabilidade exclusiva do participante acompanhar a situação de sua inscrição, o resultado das avaliações, bem como a data, o local e o horário das provas.
2.9 Em nenhuma hipótese será permitida a inscrição condicional ou fora do prazo.
2.10 O participante deve estar ciente de todas as informações sobre o Revalida, que estarão disponíveis na página do Inep, no endereço http://revalida.inep.gov.br/revalida/inscricao.
2.11 Em caso de aprovação no Revalida o participante poderá ser solicitado a apresentar, junto à Universidade à qual foi solicitada a revalidação, o Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras), nível intermediário superior, conforme Resolução CFM nº 1831/2008, exceto os naturais de países cuja língua oficial seja o português.
2.12 Os candidatos declaram estar cientes de que os resultados das etapas do exame serão utilizados pelo Inep para estudo, mantendo-se o sigilo sobre a identidade e os dados pessoais dos participantes.
3. DAS TAXAS DE INSCRIÇÃO
3.1 O participante deverá entrar no sistema, com seu código e senha, a fim de emitir o boleto para pagamento da taxa de inscrição, devendo efetuar o pagamento até a data de vencimento indicada no boleto.
3.1.1 O valor da taxa de inscrição relativa à primeira etapa de avaliação é de R$ 100,00 (cem reais).
3.2 Na hipótese de aprovação na primeira etapa de avaliação, conforme a divulgação do resultado prevista no subitem 11.1, o participante deverá emitir novo boleto para pagamento da taxa, até a data de vencimento indicada, relativa à segunda etapa.
3.2.1 O valor da taxa de inscrição relativa à segunda etapa de avaliação é de R$ 300,00 (trezentos reais).
3.3 Caso o pagamento de qualquer uma das taxas não seja realizado até a data de vencimento estipulada, a inscrição será considerada inválida.
3.4 Os valores referentes às taxas de inscrição não serão devolvidos, mesmo que ocorra alteração da data de realização do Revalida. Haverá devolução apenas no caso de cancelamento do exame.
4 DAS NECESSIDADES DE ATENDIMENTOS DIFERENCIADOS OU ESPECÍFICOS
4.1 O Inep assegurará atendimento diferenciado e/ou específico aos participantes que deles comprovadamente o necessitem, nos termos da legislação vigente, inclusive o Decreto nº 6.949/2009.
4.2 O participante do Revalida que demandar atendimento diferenciado ou específico deverá:
4.2.1 Informar no momento da inscrição, em campo próprio do sistema de inscrição e de acordo com as opções apresentadas, o atendimento específico de que necessita em decorrência de deficiência ou mobilidade reduzida.
4.2.2 Dispor dos documentos comprobatórios da necessidade de atendimento diferenciado declarada, que poderão ser exigidos pelo Inep a qualquer tempo, conforme disposto nos artigos 3º e 4º do Decreto nº 83.936, de 6 de setembro de 1979.
4.3 O atendimento diferenciado e/ou específico poderá ser solicitado somente no momento da inscrição.
4.3.1 A participante que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas, além de solicitar atendimento diferenciado para tal fim, deverá levar um acompanhante, que ficará em sala reservada e será o responsável pela guarda da criança.
4.3.1.1 O Inep não disponibilizará acompanhante para guarda da criança.
4.3.1.2 A participante que não levar acompanhante não poderá permanecer com a criança no local de realização das provas.
4.3.2 As solicitações de atendimento serão analisadas e poderão ser deferidas segundo os critérios de viabilidade e de razoabilidade.
4.4 Os participantes que requereram atendimento diferenciado e/ou específico receberão a resposta do pleito por ocasião da divulgação do documento de confirmação de inscrição, a ser disponibilizado nohttp://revalida.inep.gov.br/revalida/inscricao.
5. DOS OBJETOS E CONDIÇÕES DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS
5.1 Serão avaliados, nas provas objetiva (de múltipla escolha) e discursiva e na prova de habilidades clínicas, os objetos descritos na Matriz de Correspondência Curricular para fins de Revalidação de Diplomas de Médico Expedidos por Universidades Estrangeiras.
5.2 O Exame será composto de 3 (três) provas, todas de caráter eliminatório e conforme quadro abaixo, que informa o número de questões (no caso da avaliação escrita) ou de estações (no caso da avaliação de habilidades clínicas).

5.3 As provas escritas - objetiva e discursiva - serão aplicadas no mesmo dia, na data provável de 11 de setembro de 2016.
5.3.1 A prova escrita objetiva terá a duração de 5 horas, no período das 8 horas às 13 horas, horário oficial de Brasília/DF.
5.3.2 A prova escrita discursiva terá a duração de 3 horas, no período das 15 horas às 18 horas, horário oficial de Brasília/DF.
5.4 Os locais de realização das provas objetiva e discursiva serão divulgados na Internet, no endereçohttp://revalida.inep.gov.br/revalida/inscricao, sendo de responsabilidade exclusiva do participante a identificação correta de seu local de realização das provas e o comparecimento no horário determinado.
5.5 A prova de habilidades clínicas será aplicada nas datas prováveis de 12 e 13 de novembro de 2016, em local a ser divulgado no endereço http://revalida.inep.gov.br/revalida/inscricao.
5. 6 O Inep poderá enviar por e-mail , como complemento à s informações citadas no subitem anterior , comunicação pessoal dirigida ao participante, sendo de sua exclusiva responsabilidade a manutenção/atualização de seu correio eletrônico.
6. DA PROVA ESCRITA OBJETIVA
6.1 O Caderno de Provas conterá questões da prova objetiva do tipo múltipla escolha, com 4 (quatro) opções (A, B, C, D) e uma única resposta correta, acompanhado de uma folha de respostas correspondente.
6.2 O participante deverá transcrever as respostas que julgar corretas da prova objetiva para a folha de respost as, que s er á o único documento válido para a correção.
6 .3 Será de inteira responsabilidade do participante:
6.3.1 Preencher a folha de respostas em conformidade com as instruções específicas contidas neste Edital e na folha de respostas.
6.3.2 Marcar, para cada questão, apenas 1 (um) dos campos da folha de respostas.
6.3.3 Arcar com os prejuízos advindos do preenchimento indevido na folha de respostas, tais como: dupla marcação, marcação rasurada ou emendada e/ou campo de marcação não preenchido integralmente.
6.3.4 Não amassar, molhar, dobrar, rasgar ou, de qualquer modo, danificar a sua folha de respostas, sob pena de arcar com os prejuízos advindos da impossibilidade de realização da leitura óptica.
6.3.5 Conferir seus dados pessoais constantes na folha de respostas.
6 . 3.6 Não permitir que outras pessoas façam marcações na sua folha de respostas, salvo em caso de atendimento especial aprovado com antecedência pelo Inep e nas condições por ele estabelecidas.
6.4 Todos os participantes terão sua prova escrita objetiva corrigida por meio de processamento eletrônico.
6.5 Cada questão da prova objetiva valerá 1 (um) ponto.
6.6 A nota conferida para a prova objetiva será a soma das pontuações obtidas nas questões, em consonância com o gabarito oficial definitivo.
7. DA PROVA ESCRITA DISCURSIVA
7.1 O Caderno de Prova conterá questões da prova discursiva e um Caderno de Respostas.
7.2 O caderno de Respostas da prova discursiva não poderá ser assinado, rubricado e/ou conter qualquer palavra e/ou marca que o identifique sob pena de anulação da prova.
7.3 O Caderno de Respostas será o único documento válido para a avaliação da prova discursiva. Os espaços destinados para rascunho são de preenchimento facultativo e não terão validade para efeito de avaliação.
7.4 As questões da prova discursiva serão avaliadas quanto à adequação das respostas ao problema apresentado, fundamentação e consistência, capacidade de interpretação e exposição, bem como a correção gramatical.
7.5 Cada questão da prova discursiva valerá 10 (dez) pontos.
7.6 A nota conferida para a prova discursiva será a soma das pontuações obtidas nas questões, em consonância com o gabarito oficial definitivo.
7.7 Serão considerados aprovados na primeira etapa os participantes que alcançarem, no mínimo, 77 (setenta e sete) de 150 pontos (contagem correspondente à soma dos pontos obtidos nas provas objetiva e discursiva).
8. DA PROVA DE HABILIDADES CLÍNICAS
8.1 Estarão aptos a realizar a prova de habilidades clínicas apenas os participantes aprovados na primeira etapa do Revalida, conforme estabelecido no subitem 7.6, sendo eliminados os demais.
8.2 A prova de habilidades clínicas será composta por 10 (dez) estações e cada uma delas valerá 10 (dez) pontos.
8.3 A aplicação da prova de habilidades clínicas será filmada, para fins de documentação, e o conteúdo das filmagens utilizado tempestivamente, pelo Inep, para o esclarecimento de dúvidas.
8.4 Serão considerados aprovados na prova de habilidades clínicas os participantes que obtiverem, no mínimo, 56 (cinquenta e seis) de 100 pontos.
9. DAS ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS PROVAS
9.1 Recomenda-se aos participantes que compareçam ao local de realização das provas com antecedência mínima de 1 (uma) hora do horário fixado para o seu início, conforme os itens 5.3.1 e 5.3.2, de acordo com o horário oficial de Brasília-DF.
9.2 N ão s e rá a d m i t i d o o i n gr e sso d e p articipante n o l oc al d e r e ali z a ç ão d a s p r o vas a pó s o fechamento dos portões, que ocorrerá quinze minutos antes do horário fixado para o seu início.
9.3 Na primeira etapa, o participante deverá permanecer no local de realização das provas escritas, obrigatoriamente, por no mínimo, 1 (uma) hora após o seu início.
9.4 Na aplicação da prova de habilidades clínicas, por questões de segurança e de manutenção da isonomia, o participante poderá ser requerido a permanecer no local de prova durante todo (s) o (s) turno (s) de aplicação.
9.5 A inobservância dos subitens 9.3 e 9.4 acarretará na não correção das provas e, consequentemente, na eliminação do participante do certame.
9.6 O participante que se retirar em definitivo do ambiente de provas não poderá retornar em hipótese alguma.
9.7 Será disponibilizado em cada sala de provas da primeira etapa um marcador de tempo.
9.8 É obrigatória a apresentação de documento válido de identificação, com foto, para a realização das provas.
9.8.1 Considera-se como documento válido para identificação do participante: cédula de identidade (RG) expedida por Secretarias de Segurança Pública, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar, pela Polícia Federal; a identidade expedida pelo Ministério das Relações Exteriores para estrangeiros; a identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes ou por órgão público que por Lei tenham validade como documento de identidade; a Carteira de Trabalho e Previdência Social emitida após 27 de janeiro de 1997; o Certificado de Reservista; o Passaporte e a Carteira Nacional de Habilitação com fotografia, na forma da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, todos no original.
9.8.2 Não serão aceitos como documentos de identidade aqueles que não estejam listados no item 9.8.1, tampouco documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados, ou ainda, cópia de documentos, mesmo que autenticadas.
9.8.3 O participante impossibilitado de apresentar o documento de identificação original com foto no dia da realização das provas, por motivo de extravio, perda, furto ou roubo, poderá realizar as provas, desde que:
9.8.3.1 Apresente o Boletim de Ocorrência expedido por órgão policial e emitido há, no máximo, 90 (noventa) dias da data de realização das provas.
9.8.3.2 Submeta-se à identificação especial, que compreende a coleta de dados e assinatura em formulário próprio.
9.8.4 O participante que apresentar documento de identificação original com validade vencida ou com foto ou assinatura que não permita a completa identificação dos seus caracteres essenciais poderá realizar as provas, desde que se submeta à identificação especial, que compreende a coleta de dados e assinatura em formulário próprio.
9.9 Por ocasião da realização das provas objetiva e discursiva, o participante que não estiver devidamente identificado nas formas definidas no subitem 9.8 deste Edital não poderá ingressar ou permanecer na sala de prova e será automaticamente eliminado do R E VA L I D A .
9.10 Para a segurança dos Participantes e a garantia da lisura do Revalida, os Participantes poderão ser submetidos à identificação grafológica no dia de realização das provas.
9.11 Somente será permitido o uso de caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente.
9.12 O participante deverá desligar o aparelho celular e qualquer equipamento eletrônico ao entrar na sala de prova sob pena de eliminação do Revalida.
9.13 Durante a realização das provas, o participante não poderá, sob pena de eliminação, realizar qualquer espécie de consulta ou comunicação com outros Participantes nem utilizar lápis, lapiseira, borrachas, livros, manuais, impressos, anotações, óculos escuros e quaisquer dispositivos eletrônicos, tais como: máquinas calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, ipod®, gravadores, pen drive, mp3 ou similar, relógio, ou qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens.
9.14 O participante deverá guardar, antes do início das provas, em embalagem porta-objetos fornecida pelo aplicador, telefone celular desligado, quaisquer outros equipamentos eletrônicos desligados e outros pertences listados no item anterior, sob pena de eliminação.
9.15 A embalagem porta-objetos deverá ser lacrada, identificada pelo participante e mantida embaixo da carteira ou em sala apropriada para a guarda de objetos (no caso da segunda etapa) até a conclusão do Exame.
9.15.1 O Inep não é responsável pela guarda de quaisquer dos objetos supracitados e não se responsabilizará por perdas ou extravios de objetos ou de equipamentos eletrônicos ocorridos durante a realização das provas, nem por danos a eles causados.
9.16 O participante não poderá, em hipótese alguma, realizar o Exame fora dos espaços físicos, datas e horários definidos pelo Inep.
9.17 O participante somente poderá levar o seu Caderno de Prova ao deixar em definitivo a sala de provas, nos últimos 30 (trinta) minutos que antecedem o seu término.
9.18 É expressamente proibido ao participante receber quaisquer informações referentes ao conteúdo das provas de qualquer membro da equipe de aplicação do Exame.
9.19 Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação das provas em razão de afastamento do participante da sala de provas ou para preenchimento do seu Caderno de Resposta.
9.20 Não haverá segunda chamada para a realização das provas. O não comparecimento a qualquer uma das etapas implicará na eliminação automática do Participante.
9.21 Não terá suas provas corrigidas e será automaticamente eliminado do Revalida o participante que, durante a realização das mesmas:
a) fo r s u r p r ee n d i d o d a nd o e / o u r e c eb e n d o a u x ílio p a ra a sua e x e c u ç ão ;
b) realizar consulta de qualquer espécie ou portar os objetos descritos no subitem 9.1 3 ;
c) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido;
d) não entregar o material das provas e/ou continuar escrevendo após o término do tempo destinado para a sua realização;
e) afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal;
f) ausentar-se da sala, a qualquer tempo, portando o Caderno de Respostas e/ou o Caderno de Prova (com exceção, quanto a este, da situação prevista no item 9.17);
g) descumprir as instruções contidas nos Cadernos de Prova e/ou o Caderno de Respostas;
h) for surpreendido portando qualquer tipo de arma.
9.22 Quando o porte da arma for legal e seu uso necessário pelo Participante, a situação deve ser devida e antecipadamente relatada e justificada perante o Inep para que a Coordenação do exame adote as providências cabíveis.
9.23 Os c as o s o miss o s s e rão r e s o lvi do s pe l o I nep .
10. DOS RECURSOS
10.1 Os gabaritos oficiais preliminares da prova objetiva e os padrões de resposta da prova discursiva serão divulgados na Internet, no endereço http://revalida.inep.gov.br/revalida/inscricao, a partir das 19 horas (horário oficial de Brasília/DF), na data provável de 13 de setembro de 2016.
10.2 O participante que desejar interpor recurso contra os gabaritos oficiais preliminares da prova objetiva e/ou contra o padrão de respostas da prova discursiva disporá de 2 (dois) dias para fazêlo, a contar do dia subsequente ao da divulgação dos respectivos gabaritos, no período das 9 horas do primeiro dia até às 18 horas do último dia, ininterruptamente, observado o horário oficial de Brasília/DF.
10.3 Para apresentação de recurso em face dos gabaritos oficiais preliminares da prova objetiva e/ou do padrão de respostas da prova discursiva, o participante deverá utilizar o sistema próprio, no endereço http://revalida.inep.gov.br/revalida/inscricao, e seguir as instruções ali contidas.
10.4 O participante terá acesso individual, após análise dos recursos dos gabaritos oficiais preliminares e por meio do site Revalida, aos cartões de respostas digitalizados das provas objetivas e discursivas.
1 0 . 5 O recurso de v e rá s e r tempestivo, c o n sis t e nt e , ob j et ivo e devidamente fundamentado , bem como respeitoso aos membros da banca . Caso contrário, será liminarmente indeferido.
10.6 No caso de anulação de questão integrante da prova objetiva ou de qualquer parte da prova discursiva, a pontuação correspondente será atribuída a todos os Participantes, inclusive aos que não tenham interposto recurso.
10.7 Todos os recursos serão analisados e os resultados serão disponibilizados em endereço eletrônico próprio, a ser oportunamente divulgado. Não serão encaminhadas respostas individuais aos Participantes.
10.8 Não será aceito recurso interposto por via postal, via fax, via correio eletrônico ou, ainda, fora do prazo estabelecido.
10.9 O participante que desejar interpor recurso contra o ‘Padrão Esperado de Procedimentos’ da prova de habilidades clínicas disporá de 2 (dois) dias para fazê-lo, a contar do dia subsequente ao da divulgação dos respectivos resultados, no período das 9 horas do primeiro dia até às 18 horas do último dia, ininterruptamente, observado o horário oficial de Brasília/DF.
10.10 Para apresentação de recurso em face do ‘Padrão Esperado de Procedimentos’ da prova de habilidades clínicas, o participante deverá utilizar o sistema próprio, no endereço http://revalida.inep.gov.br/revalida/inscricao, e seguir as instruções ali contidas.
11RESULTADO FINAL DAS PROVAS ESCRITAS E DE HABILIDADES CLÍNICAS
11.1 Na data provável de 14 de outubro de 2016, o Inep divulgará o resultado de cada participante na primeira etapa, relativo às provas da avaliação escrita, no endereçohttp://revalida.inep.gov.br/revalida/inscricao.
11.2 Na data provável de 26 de dezembro de 2016, o Inep divulgará o resultado de cada participante na segunda etapa, relativo à prova prática de habilidades clínicas, para divulgação do resultado final, no endereço http://revalida.inep.gov.br/revalida/inscricao.
12 DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
12.2 O cadastramento de dados do participante implicará a aceitação das normas contidas neste Edital e em outros editais/comunicados eventualmente divulgados pelo Inep ou pela empresa aplicadora do Exame.
12.2 É de inteira responsabilidade do participante acompanhar a publicação de todos os atos, editais e comunicados referentes ao Revalida, e/ou a divulgação desses documentos na Internet.
12.3 Outras informações referentes ao certame poderão ser solicitadas pelo e- mail .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail).
1 2 . 4 Não serão fornecidos, por telefone, dados a respeito de datas, locais e horários de realização das provas.
12.5 Legislação com entrada em vigor após a data de publicação deste Edital, bem como alterações em dispositivos legais e normativos a ele posteriores, não serão objeto de avaliação nas provas do Revalida.
MARIA INÊS FINI
ANEXO I
INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PARCEIRAS DO REVALIDA 2016
• CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG - UNIRG
• FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS - UFGD
• FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA - UNIR
• FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT
• UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA - UNB
• UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS - UEA
• UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ
• UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE ALAGOAS - UNCISAL
• UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA - UEFS
• UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA - UEL
• UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS - UNIMONTES
• UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC
• UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ - UECE
• UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - UNIOESTE
• UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO - UNESP
• UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA
• UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA - UFPB
• UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS - UFAL
• UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE - UFCG
• UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS - UFG
• UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA - UFJF
• UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL - UFMS
• UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO - UFOP
• UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS - UFPEL
• UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO - UFPE
• UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA - UFRR
• UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC
• UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM
• UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE - UFS
• UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA - UFU
• UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - UFAC
• UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS - UFAM
• UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI - UFCA
• UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC
• UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO - UFES
• UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UNIRIO
• UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO - UFMA
• UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - UFPR
• UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ - UFPI
• UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - UFRJ
• UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG
• UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE - UFRN
• UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL - UFRGS
• UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO - UFTM
• UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE – UFF”

ATENÇÃO! ULTIMO DIA PARA INSCRIÇÃO NA SEGUNDA ETAPA DA UFMT 2016

LEMBRAMOS QUE É IMPRESCINDIVEL QUE O CANDIDATO INSCRITO NA UFMT 2016 PAGUE A TAXA DA UFMT PARA SE MANTER NO PROCESSO. NÃO PERCA A SUA INSCRIÇÃO E A OPORTUNIDADE PORQUE PODERÁ SER A ULTIMA A PERMITIR A COMPLEMENTAÇÃO APÓS OS TRAMITES CABIVEIS
O revalidando deverá acessar o link abaixo no período de 12 à 29/07/2106 e pagar a taxa.
http://www.ufmt.br/ufmt/unidade/novidade/visualizar/4593/FCM
Somente poderá se inscrever nesta etapa, o candidato cujo Parecer Conclusivo da Comissão Especial for indicativo para realização da Prova.
Passo a Passo para a Inscrição da II Etapa:
1- Gerar o boleto bancário através deste site preenchendo o
Número de Inscrição e a Data de Nascimento
2- Pagar o boleto bancário em qualquer agência bancária ou lotérica. ATENÇÃO: EVITAR O PAGAMENTO NA MODALIDADE DE AGENDAMENTO.
3- Guardar o comprovante de pagamento. Não é necessário a protocolização do processo.
4- A inscrição nessa etapa só será considerada efetivada após confirmação do pagamento até a data do vencimento, conforme lista fornecida pela Fundação Uniselva.
Observações:
* É obrigatório o pagamento da taxa de Inscrição;
* Não será aceito outro tipo de Boleto Bancário pago, a não ser o próprio da Revalidação de Diploma de Médico da FM;
* A Faculdade de Medicina não se responsabiliza por solicitações de inscrição via internet não recebidas por quaisquer motivos de ordem técnica ou por procedimento indevido dos usuários.
* Não serão aceitas inscrições fora dos prazos estabelecidos no Edital.
* Durante a inscrição Preencher o Número de Inscrição OU o Nome conforme está escrito na lista. NÃO PODE DIGITAR OS DOIS CAMPOS AO MESMO TEMPO.
Continuamos efetivando os procedimentos necessários afim de anular a retificação do edital n° 001/FM/2016, de 18/02/2016, que excluiu a
possibilidade de COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS, em função da nova Resolução publicada pelo Conselho Nacional de Educação e assegurar o direito dos nossos clientes e demais interessados que se inscreveram no processo revalidatório de 2016.
Mande um email para .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail)  assunto:(UFMT 2016)
Fonte:Revalide

INSCRIÇÕES NO REVALIDA 2016

Recebemos informações que o edital do REVALIDA para provas de revalidação de diplomas médicos, será publicado em BREVE, nos próximos dias. FAREMOS REPRESENTAÇÕES DE INTERESSADOS PARA ESTAS INSCRIÇÕES.
Para ser por nós representado, envie-nos um email para .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail) com o assunto (INSCRIÇÃO NO REVALIDA 2016).
Fonte:Revalide
http://www.revalide.com.br