Fique por dentro no Blog Revalide

REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS MÉDICOS

Prezado (a) Doutor (a) Médico (a) Revalidando (a),
Informamos que em breve estaremos disponibilizando no nosso canal REVALIDE- REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS ESTRANGEIROS, no Youtube, novos vídeos com informações fresquinhas sobre o processo de revalidação de diplomas médicos estrangeiros, afim de que possam estar informados sobre o mundo da revalidação de diplomas médicos. Isso inclui o REVALIDA, NOVAS INSCRIÇÕES PARA REVALIDAR DIPLOMAS, etc.
A frente deste projeto está a nossa Assessora Jurídica e do Revalmed a Renomada Dra Mirtys Fabiany Azevedo Pereira, que há quinze anos vem desenvolvendo um trabalho ímpar nesta área e possui milhares de diplomas revalidados em seu currículo.
Faça a sua inscrição no canal:
https://www.youtube.com/channel/UCitsnZ0Et0hTK3gnfj_H_nQ
Confira e curta, mas curta muito! Seus likes são importantes para nos fortalecer cada vez mais.Unidos seremos bem mais fortes.
Fonte:REvalide

MAIS MEDICOS-ENTREGA DOS SEUS DOCUMENTOS EM BRASILIA

Conforme é do seu conhecimento, já foi publicado o EDITAL PARA O PROGRAMA MAIS MEDICOS, Nº 03, DE 19 DE ABRIL DE 2017 bem como, o seu cronograma.
No período de 11 a 14/07/2017 até às 19h, deverá ocorrer a Inscrição Brasileiros com habilitação para exercício da medicina no exterior e a Entrega de documentação no Ministério da Saúde (CASO HAJAM VAGAS REMANESCENTES).
Atendendo aos pedidos dos nossos clientes, informamos que iremos ofertar ASSESSORIA e orientação quanto à apresentação dos documentos ao Programa, auxiliar na inscrição, caso hajam dúvidas, verificar os documentos que aqui chegarem e se estiverem incorretos ou faltantes comunicar ao cliente para corrigi-los e entrega-los em Brasília, na data PREVISTA.
Aos interessados, já estamos recebendo os documentos para conferencia e correção. Favor nos enviar um email para .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail) .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail) e .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail) com o ASSUNTO: ENTREGA DE DOCUMENTOS- MAIS MEDICOS EM BRASILIA.
Fonte: REvalide

PARTE 1- NOSSOS 15 ANOS DE TRAJETORIA NO MUNDO DA REVALIDAÇÃO E NOVAS POLÍTICAS DE ATENDIMENTO AO CLIENTE

PARTE 1- NOSSOS 15 ANOS DE TRAJETORIA NO MUNDO DA REVALIDAÇÃO E NOVAS POLÍTICAS DE ATENDIMENTO AO CLIENTE
Há quinze anos nós do http://www.revalide.com.br que tem como Assessora Jurídica a Renomada Dra Mirtys Fabiany Azevedo Pereira, vimos desenvolvendo um trabalho no campo da revalidação de diplomas médicos.
Juntamente com o Revalmed (http://www.revalmed.com.br), cujo proprietário é o Sr. Dimas Akucevikius, abrimos portas, desbravamos horizontes e fomos responsáveis por MILHARES de diplomas REVALIDADOS ATRAVÉS DOS NOSSOS SERVIÇOS, seja por processos administrativos, ações judiciais ou complementações de estudos.
Mas não se iludam. Nunca a luta foi fácil! Para se ter uma ideia as universidades revalidantes, outrora recebiam as documentações dos revalidandos e ficavam com as mesmas paralisadas por anos a fio -algumas demoravam mais de três anos-, sem dar qualquer informação sobre o procedimento e o interessado ficava sem poder exercer a sua profissão esperando pela boa vontade das universidades públicas. Isso quando muitas vezes já tinham desembolsado uma taxa que poderia chegar a exorbitante quantia do importe de R$7500,00 (sete mil e quinhentos reais), somente para analisar as documentações, sem qualquer garantia de DEFERIMENTO. Na maioria das vezes o processo era INDEFERIDO SEM SEQUER SER DADA UMA MOTIVAÇÃO.
Em 2004, a UFMS abriu um processo seletivo para os portadores de diploma de graduação em Medicina, expedido por estabelecimentos estrangeiros de ensino superior, com interesse de registro por revalidação, onde resultou na REPROVAÇÃO de todos os candidatos. Assim, contrariando a legislação pertinente a matéria a UFMS, convocou os candidatos a retirarem as suas documentações naquela instituição, vez que segundo o seu entendimento o processo havia finalizado.
Já naquela época, através da nossa assessoria jurídica ingressamos com uma medida judicial, requerendo “os prosseguimentos dos processos de revalidação dos diplomas dos nossos clientes, desconsiderando e anulando as avaliações de cunho eliminatório ao qual foram submetidos em 2004, observando-se o disposto na Resolução 01/2002, os convocando para apresentarem os documentos necessários para as análises documentais e os julgamentos das equivalências dos seus diplomas, bem como lhes sejam deferidas as supressão da taxa de registro de diploma estrangeiro, exigida pela UFMS no importe de R$7500,00 para analisar os pedidos de revalidação dos interessados em obediência ao princípio da GRATUIDADE ou que a taxa do referido registro seja idêntica a cobrada para registro de diplomas estrangeiros de pós-graduação, ou seja, R$ 250,00 (duzentos e cinqüenta reais), em respeito ao princípio da ISONOMIA.”
Centenas de processos que estavam sob os nossos cuidados, foram deferidos, novas provas foram aplicadas pela UFMS, os processos foram recebidos e analisados sem o pagamento da referida taxa e permitida a complementação de estudos aos candidatos após a REPROVAÇÃO. Assim, a UFMS ficou por mais de 05 (CINCO) ANOS sem receber pedidos de revalidação de diplomas, a não ser por ordem judicial. E lá permanecemos durante todo este tempo trabalhando para que cumprissem as legislações e revalidassem os diplomas dos nossos clientes até aderirem ao REVALIDA.
O mesmo ocorreu na UFC, UFPA, UFPB, UNIR, UFMG, UFRN, UFAM, UFAL, UFSC, UECE, entre outras, porque simplesmente não cumpriam as legislações e assim prejudicavam os médicos interessados em revalidarem os seus diplomas. Inclusive chegavam a barrar inscrições em função do candidato morar em outro Estado brasileiro diferente da localidade onde a universidade estava localizada. Pasmem!
O Revalida, diga-se de passagem foi um projeto implantado pelo Ministério da Saúde, Ministério Público Federal do Mato Grosso do Sul, juntamente com o Conselho Federal de Medicina (sim porque participamos de uma série de reuniões mesmo a contragosto e sem sermos convidados), para barrar a revalidação de diplomas médicos, já que pela resolução que vigorava naquela época estavam acontecendo milhares de revalidações, algumas por complementação de estudos e para eles o que que sempre interessou é a RESERVA DE MERCADO e não a Saúde Pública.
Atualmente pode se acompanhar mais uma vez, uma campanha orquestrada pelo CREMESP e CFM, para “barrar” a REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS MÉDICOS NA UFMT (Cuiabá). Inclusive estão lançando mão de notícias infundadas, -analisadas somente sob o seu ponto de vista e desejo-, baseadas no deferimento parcial do pedido liminar deferido nos atos do processo da ação CIVIL PUBLICA n° 0006150-03.2017.4 .01.3600- em tramite na 3ª Vara Federal da Seção Judiciária do Mato Grosso, que determinou a “UFMT que reavalie os estudantes encaminhados para estudos complementares, com vistas a aferir se a suplementação realizada colocou-os no mesmo patamar curricular exigido no Brasil, de modo a que a própria universidade emita o ato final declarando revalidado ou não o diploma estrangeiro.”
Ora, claramente o CFM,  está querendo obter através de uma ação judicial, uma AUTONOMIA PARA REVALIDAR DIPLOMAS MÉDICOS, que não lhe cabe. Às universidades públicas brasileiras é atribuída a competência para revalidar diplomas médicos e não ao CFM. A este cabe o papel de fiscalizar o exercício médico.
Ademais, de forma abusiva, o CFM, editou a CIRCULAR N° 096/2017 - CFM/COJUR, datada de 9 de junho de 2017, onde somente permite a inscrição nos seus quadros dos médicos que terminaram as suas complementações de estudos e possuem os seus diplomas revalidados pela UFMT, datados até 05/06/2017. Sequer estão considerando que os documentos dos revalidandos que concluíram as suas complementações foram apresentados/entregues a UFMT em março de 2017. Vejamos: “Informamos que os pedidos de registro de diplomas expedidos pela Universidade do Mato Grosso - UFMT que estejam totalmente concluídos em data anterior à intimação da UFMT, do deferimento do pedido liminar,  na mencionada Ação Civil Pública (05/06/2017), podem ser concedidos, desde que não existam outras pendências previstas no Manual de Procedimentos Administrativos.”
Evidentemente para revalidar estes diplomas, a Comissão de revalidação da UFMT, emitiu um PARECER CONCLUSIVO, declarando haver equivalência entre os diplomas dos candidatos emitidos no exterior e os diplomas da UFMT. Mas para o CFM isso não basta. É imprescindível dentro do seu conhecimento equivocado acerca da liminar deferida que se aplique aos médicos que complementaram os seus estudos pela UFMT, uma PROVA APÓS A COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS.
Mais uma vez “força a barra”. O Ilustre MM Juízo não retirou a competência da UFMT de revalidar diplomas e repassou ao CFM. NÃO FOI ESTE O SEU ENTENDIMENTO. Após a complementação de estudos efetivada pelos candidatos à revalidação, cabe a UFMT e exclusivamente a ela dizer se aplicará ou não uma nova prova após a complementação. Uma vez atingida a equivalência esperada, não há que se falar em novas provas.
O que o CFM deseja com esta conduta? Tumultuar é claro, ganhar no grito. Atrapalhar ainda mais um processo de revalidação que cada dia se torna mais complicado e penoso para os médicos revalidandos.
Pretende com o seu ato descabido e bem orquestrado, desqualificar uma instituição séria, renomada e transparente, como a UFMT, que sempre efetivou os seus procedimentos revalidatórios dentro de um padrão ético descente e que nunca se curvou em face das ditaduras impostas pelo CFM para não revalidar diplomas ou não efetivar o procedimento. Que não ingressou no REVALIDA, usando da sua autonomia universitária e talvez isso explique tamanha perseguição.
O CFM alega que o motivo das impetrações das ações judiais é “o crescente número de denúncias envolvendo alunos em processo de revalidação de diploma estrangeiro pela Universidade do Mato Grosso estarem supostamente realizando complementação de curso em hospitais não universitários;”. 
A contrário censo, se o CFM está preocupado com as complementações de estudos efetivadas segundo ela em “hospitais não universitários”, deveria ter conhecimento que o curso de complementação de estudos efetivado no Centro Universitário de Caratinga-UNEC, é realizado no seu próprio hospital universitário, o CASU. Este possui uma impecável estrutura disponível à comunidade acadêmica. Foi pensado e desenvolvido no sentido de propiciar aos acadêmicos aliar a teoria à prática, em conformidade às diretrizes pedagógicas do seu curso, bem como, atender parte da demanda da população do município e microrregião que apresenta carências no setor da saúde pública. O CASU é um projeto de cunho educativo e social, onde os professores do UNEC e os alunos em estágio sob supervisão direta, atenderão as diversas áreas/ e especializações da saúde. Nesse sentido, o CASU proporciona aos alunos e médicos revalidandos/complementandos o desenvolvimento de suas habilidades e competências necessárias em sua formação profissional e pessoal.
Mais uma vez equivoca-se o CFM. O curso disponibilizado para a complementação de estudos pelo UNEC Caratinga, nunca foi alvo de supostas denúncias infundadas (se é que elas realmente existem como impõe o Cremesp) e é efetivado de forma séria e comprometida e dentro dos padrões exigidos pela UFMT. Assim, claramente esta preocupação por parte do CFM não lhe pode ser alcançado. E os registros destes médicos devem ser efetivados de imediato, pois se assim não o forem devem se socorrer de uma ação judicial.
Por fim, informamos ainda que o CFM, ingressou com outra ação civil pública nº 0005590-61.2017.4.01.3600, requerendo a suspensão total de todas as revalidações feitas pela UFMT ao longo de todos estes anos, cujo pedido liminar está pendente de análise perante da 8ª Vara Federal da Seção Judiciária do Mato Grosso, que encontra-se pendente do julgamento da liminar. Estamos aguardando, mas confiantes na justiça brasileira, que não pode se curvar diante de uma corporação.
O objetivo principal do CFM sempre foi dificultar os procedimentos de revalidação de diplomas médicos. Quando abrimos portas eles vêm atrás tentando fechar. Mas jamais nos calaremos diante de ilegalidades e seguimos defendendo os direitos dos nossos clientes e daquilo que acreditamos, por mais que tentem enredar.
Sobre as nossas novas políticas de trabalho, informamos que ESTAMOS EFETIVANDO NOSSA ASSESSORIA PARA NOVAS INSCRIÇÕES DE REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS MÉDICOS. O revalidando interessado em nossos serviços, devem primeiramente nos enviar um e-mail para .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail) ou .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail) que lhe enviaremos a nossa proposta contendo os custos para cada procedimento. As informações exclusivas, somente serão repassadas aos nossos clientes, após a efetivação do referido pagamento, bem como, toda a documentação necessária, forma, medidas cabíveis e resposta a dúvidas ou questionamentos.
A partir de então serão criados por nós grupos exclusivos de nossa assessoria para os nossos clientes seja no Whatsapp ou Facebook e estes serão PRIVATIVOS. Assim, iremos desenvolver um trabalho direto aos nossos clientes visando fortalecer laços, trocar informações e apoio.
Em breve estaremos disponibilizando uma nova plataforma em nosso site, mas elaborada.
Att. Dra Mirtys Fabiany Azevedo Pereira
Fonte: REvalide
 

Assistam! Publicadas partes da palestra ocorrida em Rio Branco

Disponibilizadas a primeira , segunda, terceira e quarta partes da Palestra ministrada pela Dra Mirtys Fabiany Azevedo Pereira, em Rio Branco-AC. Houve a necessidade de subdividir em várias partes que publicaremos no decorrer do mês em função do tamanho..
Aproveitem e se inscrevam no nosso canal no YOUTUBE “Revalide- Revalidação de Diplomas Estrangeiros”
https://www.youtube.com/channel/UCitsnZ0Et0hTK3gnfj_H_nQ
Compartilhem, de likes, APAREÇAM! Convidem todos os seus amigos, parentes… As suas participações são muito importantes para nós.
Parte 1
https://www.youtube.com/watch?v=jAin00JrPC8
Parte 2
https://www.youtube.com/watch?v=L4bZyw9mGTQ
Parte 3
https://www.youtube.com/watch?v=2Ctx1eGeJc0
Parte 4
https://www.youtube.com/edit?o=U&video_id=kmWAKmbpshw
Att. Dra Mirtys Fabiany Azevedo Pereira
Fonte: Revalide

Bom dia Rio Branco- estávamos lá.

A Dra Mirtys Fabiany Azevedo Pereira, no último dia 07/04/2017, teve a honra de ser convidada a participar ao vivo do programa Bom Dia Rio Branco, com o Carismático apresentador THIAO SILVA da TV Rio Branco afiliada ao Sistema Brasileiro de Televisão– SBT. Agrademos pelo carinho que fomos recebidos.
Assista:
http://www.oriobranco.net/programa/bom-dia-rio-branco-07-04-2017/3827
Fonte: REvalide

Entrevista Concedida a TV ACRE REDE AMAZÔNICA-TV GLOBO

Agradecemos a Apresentadora Aline Vieira, da TV Globo- Rede Amazônica de Rádio e Televisão e a Repórter Débora Ribeiro, pela entrevista e espaço concedido.
Assistam a reportagem na íntegra:
http://g1.globo.com/ac/acre/acre-tv/videos/v/sintesac-promove-palestra-sobre-revalidacao-para-estudantes-de-medicina-em-rio-branco/5785378/
Fonte: Revalide

NOSSA BREVE E APAIXONANTE PASSAGEM POR RIO BRANCO-AC

Vinte e quatro horas no Acre, foi o tempo suficiente para me apaixonar! Apaixonar principalmente pelas pessoas, pelo carinho com que fui recebida, pelos sorrisos, pela amabilidade deste provo tão acolhedor.
Engraçado como em nossas vidas passam milhares de pessoas a cada ano. Essas pessoas chegam, nos conquistam e por um motivo ou outro se vão… Alguns dizem que sempre levam um pouco de nós e deixam um pouco de si!
A cada dia plantamos uma nova semente, sem nunca esquecermos de cuidar daquelas que já estão desabrochando. Amizade é algo divino! Quem tem um amigo de verdade, que tem por você um amor incondicional, sabe do que estou falando…
Não há maior privilégio do que sentir que a vida nos está concedendo um grande número de bênçãos. É a satisfação de perceber que todo o nosso esforço não está sendo em vão. E compreender que vale a pena lutarmos por nossos sonhos, fará de nós pessoas mais batalhadoras.
Agora sim, posso sentir verdadeira gratidão. Agradecer porque hoje sou feliz, sabendo que todos os QUINZE ANOS de trabalhos dedicados a Revalidação de Diplomas, não é mera ilusão. Sou eternamente grata a você, MÉDICO (a) REVALIDANDO (a) que têm um papel significativo na minha vida. Que me fez estudar, aprimorar, crescer, melhorar, ACREDITAR QUE SONHOS SÃO POSSÍVEIS DE SE REALIZAR.
Agradeço ao Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre (Sintesac), pelo convite e em especial a idealizadora do evento FRANCINEIDE e ao seu amor o “Barata” que me receberam de uma forma tão calorosa.
Aos veículos de Comunicação do Estado do Acre, pela cobertura do evento e por se preocuparem com uma causa tão especial e necessária.
Ao Deputado Estadual Janilson Lopes Leite, Médico Infectologista, graduado em Cuba, -que já tive o prazer em tê-lo como cliente-, parabenizamos pelo trabalho que tem sido feito em prol do povo Acreano. Conhecemos a sua batalha e sabemos o quanto é capacitado para o cargo que ocupa. A sua presença em nosso evento veio abrilhantá-lo ainda mais. Conte conosco para o que for necessário. 
A vocês queridos revalidandos, pais de revalidandos, presentes no evento, AGRADEÇO, pelo seu tempo e disponibilidade. Que de alguma forma eu possa ter contribuído para aclarar as suas dúvidas concernentes a Revalidação de Diplomas no Brasil. Saibam que estamos sempre à sua disposição e jamais permitam que duvidem dos seus sonhos e capacidades. Tenho certeza que vencerão, ACREDITEM! 
Att. Dra Mirtys Fabiany Azevedo Pereira
Fonte: Revalide

Rumo ao Rio Branco-Ac

A Nossa Assessora Jurídica a Competentíssima Dra Mirtys Fabiany Azevedo Pereira estará no Rio Branco-AC a partir de amanhã até o dia 08/04/2017, onde participará de várias reuniões sobre o Tema REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS MÉDICOS.
AGENDA DA DRA MIRTYS
07/04/2017- TV RIO BRANCO ás 6:30- SBT Sistema Brasileiro de Televisão
07/04/2017- Rádio Boas Novas 9:00 Hs
Rádio Gameleira- a Confirmar
07/04/2017- das 18:00 às 21:00 hs PALESTRA: “A revalidação de diplomas médicos, nos dias atuais frente à nova resolução”, no auditório da Livraria PAIM, localizado à Rua Rio Grande do Sul, 182, Centro, em Rio Branco.
Fontes:Revalide, Revalmed e Sintesac

Sintesac promove palestra sobre revalidação de diplomas de medicina em Rio Branco

Publicado em 05 de abril de 2017 às 13:33
O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre (Sintesac) em parceria os sites Revalide e Revalmed promovem uma palestra com o tema “A revalidação de diplomas médicos, nos dias atuais frente à nova resolução”, onde vão ser tratados temas revalidação de diplomas médicos no brasil: as novas inscrições, Programa Mais Médicos, complementação de estudos e revalida 2017. O evento acontecerá no auditório da Livraria PAIM, localizado à Rua Rio Grande do Sul, 182, Centro, em Rio Branco, na próxima sexta-feira (7), das 18h às 21hs com intervalo para coffee break.
As vagas são destinadas a médicos e estudantes no exterior e para autoridades locais. A palestra será ministrada pela advogada mineira Mirtys Fabiany (OABMG nº 129206), especialista em revalidação de diplomas médicos e com 14 anos de experiência e milhares de diplomas médicos revalidados.
Os interessados deverão confirmar as suas presenças pelos e-mails: .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail) ou .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail), enviando o nome completo, telefone de contato e o nome da universidade onde estudou/estuda e aguardar a confirmação. Será necessário o envio da comprovação de conclusão do curso ou de que está cursando medicina no exterior.
Ações da advogada
No Programa Mais Médicos ingressou com as primeiras ações judiciais por conta das ilegalidades no processo de seleção, onde os médicos tiveram frustradas suas expectativas de participarem da seleção pública. Através de ações judiciais propostas a partir de 2013, mais de 500 (quinhentos) médicos conseguiram ingressar no programa e seguem trabalhando.
Por conta disso, o Ministério da Saúde, recuou e retirou a exigência e não mais barra médicos brasileiros graduados no Paraguai, Bolivia e outros.
https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/estado/2013/09/02/justica-beneficia-estrangeiros-excluidos-do-mais-medicos.htm
http://saude.estadao.com.br/noticias/geral,formados-na-bolivia-paraguai-e-venezuela-conseguem-na-justica-participar-do-mais-medicos,1070572
http://veja.abril.com.br/saude/justica-beneficia-estrangeiros-excluidos-de-programa/
https://noticias.terra.com.br/educacao/sem-padronizacao-revalidar-diploma-do-exterior-e-desafio-nopais,f4b942ba7d2da310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html
https://www.facebook.com/mirtysfabiany.azevedopereira/photos?pnref=lhc
Fonte:http://www.sintesac.com.br/noticia/sintesac-promove-palestra-sobre-revalidacao-de-diplomas-de-medicina-em-rio-branco-2

FAÇA A SUA INSCRIÇÃO PARA A PALESTRA. PARTICIPE!

Seguimos efetivando as inscrições para a Palestra Gratuita Sobre Revalidação de diplomas médicos, em Rio Branco-AC, no dia 07/04/2017.
Os interessados em participar devem enviar IMEDIATAMENTE, um email para .(O JavaScript deve estar ativado para ver este endereço de e-mail) com o assunto PALESTRA, telefone de contato e nome completo.
Informamos que já estamos enviando e-mails com confirmações aos candidatos inscritos para o evento. Não fique de fora! Ainda dispomos de vagas.
Fonte: Revalide e Revalmed